Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Enquanto se espera

Quantas vezes temos que passar por momentos de espera na nossa vida?Geralmente não por vontade nossa.Assim,ocorre durante uma viagem pelos atrasos nos horários dos aeroportos, estações de trem ou de ônibus, nos engarrafamentos de trânsito que,dependendo da razão,chegam a durar até mais de uma hora.Ou quando se vai a um consultório médico onde prevalece a ordem de chegada e não o horário da marcação,ou no restaurante para sermos servidos,ou nas filas de banco,correios,enfim,inúmeras são as situações em que a única coisa que nos resta é procurarmos ter paciência e esperar a nossa vez.Porém,quando estamos acompanhados das crianças aí sim o negócio piora porque se nós adultos somos impacientes em saber aguardar, imaginem os pequenos?Cinco minutos podem parecer uma eternidade! 
Entretanto,acredito que cada um de nós temos nossos próprios recursos para enfrentarmos essas ocasiões de espera da forma  menos torturante possível.Em família adotamos algumas medidas e até montamos uma espécie de k…

Somos incomparáveis

Se nos detivermos por alguns instantes observando como se comportam duas crianças educadas com o mesmo cuidado,na mesma família,chegaremos a nos surpreender com as diferenças que as distinguem uma da outra.
Esperamos respostas semelhantes,ou mesmo iguais,embora se refletirmos, os próprios pais são pessoas de características psicológicas diferentes.As relações comportamentais não se repetem jamais mesmo porque são mutáveis as condições em que a vida humana está sujeita.
*O assunto me atrai visto que sou mãe de dois e tenho também um  irmão.  
Entretanto,no caso da diversidade entre irmãos,a relação sofre as consequências das diferentes atitudes que os pais individualmente ou juntos podem ter para com um ou ambos os filhos,esquecendo que o primogênito tira inevitavelmente espaço ao segundo filho,obrigando-o a uma diversidade que permita o desenvolvimento de uma identidade própria.
Por exemplo:se o primeiro dos irmãos é muito elogiado pelo senso de ordem,generosidade,empenho escolar,segundo …

A verdade

É difícil  falar a verdade?Exprimindo-nos francamente mostramos respeito pelos outros e pela nossa liberdade.Em muitos casos-todos recordamos de quando éramos crianças-é mais cômodo mentir,ou mesmo silenciar,nada dizer,esconder.Mas,a força da verdade está no fato de que se dissermos mentiras,poderemos ser desmentidos pelos próprios fatos.E,assim,se pretendemos sustentar que é melhor escolher a estrada da verdade ao posto daquela do engano,da ilusão,e pretendemos educar nossos filhos em tal propósito,precisamos compreender como estão as coisas.Porque as coisas,em alguns casos,se revoltam contra nós,contra aquilo que dizemos falsamente,e nos acusam de haver feito com a sua simples presença.E mesmo num ambiente onde impera a opinião,como arrisca ser o nosso, pode-se sempre levantar uma criança e,contrariamente aquilo que lhe dizem,afirmar que não é bem assim. É difícil ensinar a verdade,apesar da ajuda dos fatos cotidianos em si.Mas,ensinar a ser sincero é ainda mais difícil.Porque, se d…