Pular para o conteúdo principal

Novo Início


A vida é mesmo uma grande missão com um sentido alto de oculta indagação em que vamos alternando momentos felizes com momentos de tristeza e pesar como acontece quando perdemos um ente querido.
Entretanto, acredito piamente que o que pode parecer o fim é somente um novo início,uma mudança de capítulo para nosso aperfeiçoamento.  
A morte é esse evento fatal,implacável,infalível,que nos atingirá a todos sem exceção nem privilégios.Logo, mesmo sem querer, precisamos nos preparar para o momento final da nossa existência terrena,quites conosco e com as contas da vida.Só assim poderemos enfrentar sem medo nem receio o contato com o plano espiritual que nos espera mais dia menos dia. 
Saber viver é uma arte,compreender a morte uma graça que poucos estão preocupados e pensando neste momento de suas vidas.Respeito,mas para mim é difícil entender alguém que nada espere do outro lado da vida.Qual seria então o propósito de viver? 
*Por favor não me vejam como uma fatalista,pessimista,taciturna ou alguém que pretende incutir determinado preceito religioso sobre um argumento tão profundo  dentro de uma simples postagem.Apenas é uma breve reflexão diante de fatos reais da minha própria existência que, para não se perderem com o tempo deixo registrados também nesta espécie de diário virtual. 
         "Quem passou pela vida em branca nuvem,
E em plácido repouso adormeceu;
Quem não sentiu o frio da desgraça,
Quem passou pela vida e não sofreu;
Foi espectro de homem, não foi homem,
Só passou pela vida, não viveu."Francisco Otaviano.

Comentários

EDER RIBEIRO disse…
Bergilde, eu compreendo a sua visão, pois a mesma, eu tive qdo da passagem do meu avô querido para o outro plano. Se tivéssemos uma visão mais espiritualista da vida, a convivência seria mais harmoniosa. Porém, o apego a matéria é tão forte q não nos abrimos, o egoismo e o orgulho forja o nosso fracasso como seres espirituais. Luz, amiga Bergilde. Bjos.
✿ chica disse…
Bergilde, belo e bem reflexivo teu tema e post hoje e precisamos estar bem preparados, embora nos doa perder... Ir embora para mim não tenho medo, mas tenho de sobrar e ver os meus se irem...beijos,chica
Luma Rosa disse…
Bergilde, estou preparada para a minha morte, mas penso nos meus entes queridos que não estão prontos para enfrentá-la. Mas dizem... papai do céu sabe a hora certa da nossa partida. Boa semana!! Beijus,
Anne Lieri disse…
Querida Bergilde,a morte é mesmo o pior momento em nossas vidas.Dói perder alguém que amamos e o que me consola é acreditar que depois daqui a vida continua num outro plano!Coisa de fé que ninguem pode explicar!Meus sentimentos a vc!bjs,
Mona Lisa disse…
A morte é o fim de um ciclo e possivelmente o inicio de outro.

Assim penso, pois creio na vida para lá da morte.

Apenas temo a morte com dor física, em excesso!

Beijinhos.
Nina disse…
Nao faz mal algum pensar sobre a morte, tbm acho estranho as pessoas que nao tem nenhuma crenca no que virá...
Mamãe Nádia disse…
Passando rapidinho pra ler o post de hoje e deixar um carinho aqui no seu blog...
Boa semana!
Beijos!

www.asosmamaenadia.com
Talvez por ter sofrido "perdas" de avós e tia, em tenra idade, passei a aceitar com tranquilidade a morte.
É sempre muito doloroso, quando morre um ente querido, principalmente os familiares mais próximos,como mãe, pai,irmãos...
Seu texto, nos traz à realidade, que temos que encarar com serenidade. Todos temos, um início, um "meio" e um fim.

Um beijo, conterrânea querida,
da Lúcia
✿ chica disse…
Voltei pra desejar um lindo DIA DAS MULHERES!!! beijos, obrigadão sempre!chica
Tucha disse…
As perdas apesar de serem momentos de dor, são também tempo de repensar e de buscar caminhos pra recomençar.
Anne Lieri disse…
Bergilde,passei pra reler os seus textos e desejar felicidades pelo nosso dia!bjs,
Evanir disse…
A cada hora sou chamada, é desafiada
para aprender nova lição,
para expandir a consciência da conquista da paz e do amor a DEUS e ao próximo.
Experimentar tudo na vida é bom.As coisas ruins me ensinam a viver.
As coisas boas me mantém viva.
Eu sou as lembranças que tenho, os objetivos que traço, as mudanças que sofri.
Eu sou a infância que tive, sou a fé que carrego
em Deus.
Nesse dia consagrado a mulher venho te deixar meu amor e carinho.
Eu sou mulhor.
Eu sou mãe.
Eu sou avó.
Eu sou bisavó.
E continuo sendo (Mulher)
Meu eterno carinho .
Beijos na sua alma.
Evanir.



Bom dia!
Ao passar por este lindo lugar senti vontade de parar e observar em silencio toda esta beleza, mas meu coração sentiu vontade de lhe desejar um lindo final de semana!
abraço fraterno
Maria Alice
Jota Sena disse…
Olá amiga Bergilde!

Ate o ultimo momento antes de virmos para este mundo, vivemos sem saber para onde vamos...assim acontece no hoje; estamos vivendo aqui, em missão, nos preparando para enfrentar o mistério do pós morte.

E quem deixa este mundo, deixa seu exemplo de vida... cabe aqueles com que este ser conviveu,saber se estes exemplos, devem ser seguidos ou não.

Um bom final de semana a você junto aos seus.

Abraços.
Concluiu com a chave de ouro. Um poema fabuloso que resume e sintetiza o pensamento anterior.

Nem sempre a morte nos assusta. Muitos dias até pensamos que a morte é apenas para os outros ...

Quem morre decerto que não sentiu chegar essa hora. Partiu...
Os que sobram no tempo esquecem que o seu dia e a sua hora virá e ninguém escapará porque esta vida tem um fim.

Pergunto - Valerá a pena ser rico e poderoso ou viver com dignidade e o relacionamento correcto com este mundo e Deus...??
Oi, Bergilde
Vim trazer-lhe meu abraço, com desejo de uma feliz Páscoa junto à família.