Pular para o conteúdo principal

Biscoitando

A cozinha é um lugar de intimidade e de calor familiar não apenas para nós adultos,mas também para as crianças. É um lugar mágico em que a mãe inventa pratos deliciosos com simples ingredientes.Essa também é uma das belas recordações que tenho da minha infância e que estou tentando repassar aos meus filhos.
Qualquer criança pode provar essa experiência,naturalmente sob a supervisão de um adulto responsável.

No início pode se tratar de espírito imitativo-com simples repetições nas ações que o bebê vê,vai elaborando as primeiras capacidades de jogo simbólico-isto é, reconhecer o 'faz de conta',e isso ocorre geralmente em torno aos 12-18 meses.Em seguida brincar com panelas e outros utensílios requer sempre maior acudimento do'outro'-a mamãe, o papai,o irmãozinho,um bichinho de estimação -pois cozinhar equivale a nutrir,cuidar,sustentar.Enfim, amar!
Fazer de comer,mesmo sendo somente no 'faz de conta', requer uma notável componente de conhecimento dos ingredientes (como as massas de modelar,areia e farinha), de experimentação de atividade motora.Durante as preparações a criança coloca em prática ainda um foco narrativo que vai ficando sempre mais complexo com o passar dos meses. E em torno aos três,quatro anos,a ficção pode se aproximar muito à realidade afirmam os psicólogos do desenvolvimento.
Certo é que temos comprovado tudo isso nas nossas vivências práticas com Francesco e Chiara e o resultado tem superado as nossas expectativas como pais .
A preparação das receitas,por enquanto muito simples, tem sido além de um momento lúdico uma ocasião a mais para eles aprenderem sobre a importância da alimentação na nossa vida.
*Receita dos biscoitos das fotos acima:
250 gr de farinha de trigo
150 gr de manteiga ou margarina
120 gr de açúcar
1 ovo
Gotas de baunilha
Tempo de preparação 30 minutos
Forno:30 minutos
Dificuldade: Fácil
Bater o açúcar com a margarina na batedeira,velocidade média até formar um creme claro.Acrescentar o ovo e as gotinhas de baunilha( 2-3),trabalhando bem tudo.Juntar algumas colheradas de farinha ainda com a batedeira ligada,depois desligar e unir o restante trabalhando tudo com as mãos,criando uma bola com a massa.Cobrir com filme plástico transparente e levar para a geladeira por ao menos 2 horas.Retirar em seguida e esperar alguns minutos para abrir com o rolo de massa sobre a mesa bem enfarinhada.Utilizar cortadores de formas diversas para criar os biscoitos,levando-os ao forno( pré-aquecido a 180ºC) e cozinhar numa telha recoberta de papel manteiga por aproximadamente 30 minutos até que fiquem dourados.
Ótimo como merenda acompanhando um copo de leite morno.
Aceitam?

Comentários

✿ chica disse…
Aceito, com prazer! Adoro esses biscoitinhos e tudo o que eles envolvem.Aqui e ali, a ajuda das mãos pequeninhas que de vez em quando mordicam até a massa crua( pelo menos Neno adora!).

É muito legal, divertido! Ótima receita! Ficaram lindas! beijos,tudo de bom,chica
Mona Lisa disse…
Hummmmmmmmmmm...vou fazer um chá ,levo-o e lanchamos as duas. Pode ser?

Fiquei com a receita.

Em miúda era eu que fazia os biscoitos. Sempre gostei de ajudar a minha mãe , na cozinha.
Sou a favor da introdução de pequenas tarefas caseiras na educação das crianças. Prepara-as para a vida!

Beijinhos.
Anne Lieri disse…
Bergilde,uma receita bem legal pra fazer com as crianças e, como vc disse, tem muito a aprender na cozinha tb! Bjs,
ValériaC disse…
Que delícia!!! Acho maravilhoso todos, inclusive as crianças participarem na cozinha... cozinhar traz união, aconchego, é maravilhoso.
Meus filhos desde novos aprenderam a cozinhar e se bobear, cozinham melhor que eu rsrsrsr pena que eles não tem tempo, mas vez ou outra nos presenteia com pratos muito bons.
Beijinhos,
Valéria
eder ribeiro disse…
Se aceito, adoro biscoitos caseiros. Bergilde, fui criado sobre o fogão de lenha. Bjos.
✿ chica disse…
Obrigadão pelo carinho lá no sementinhas, que é nosso! beijos,chica
Pérola disse…
A cozinha proporciona intimidades únicas.

beijinhos
Bergilde disse…
Olá Pérola,
Um caloroso abraço agradecendo por sua contribuição em forma de comentário!
Bergilde disse…
Gosto muito das coisas que leio por lá Chica,abração!
Bergilde disse…
Humn Éder,então você reconhece sabores genuínos mesmo!
Abraços,
Bergilde disse…
É sim Valéria,você tem razão pois a gente pode conversar muito sobre tantas coisas diferentes ao mesmo tempo que cozinha e isto fortalece muito o relacionamento,seja ele familiar ou de amizade também.Tenho visto!
Abraços, bom dia!
Bergilde disse…
Com criança em idade escolar Anne é melhor receitinhas simples como esta, pouco elaboradas e eles se divertem tanto!
Grande abraço amiga,obrigada pela visita e carinho!
Bergilde disse…
Elisa,seja muito bem-vinda! Mi casa es tu casa!
Abração!
Bergilde disse…
Ah Chica,no caso aqui sou eu quem vez por outra me pego provando os biscoitinhos ainda crus,rss e eles me olham e riem dizendo aquilo que vez por outra digo para eles,ou seja,espere quando ficar pronto mamma!Abraço carinhoso pra você e pro Neno!Grata pela presença amiga e carinhosa de grande incentivo para estes registros aqui!