Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Um pouco mais sobre mim nesta entrevista

Viajar com a crise

Em certos momentos sentimos a necessidade de um break, uma interrupção na nossa rotina,'staccare la spina'-como dizem os italianos.É o que costumamos fazer nas nossas férias.E, em se tratando de férias em tempos de crise econômica, nada melhor que deixar o carro na garagem e adotar o trem como opção para nosso deslocamento nos nossos passeios e pequenas viagens  neste período dentro da região. 
Sem falar que viajar de trem é sempre um enorme enriquecimento em aprendizado.Fico pensando em quem por necessidade tem que usar o trem todos os dias para ir trabalhar e nem sempre em condições satisfatórias de segurança e higiene.Porém, me detenho aqui apenas ao prazer que uma viagem de trem possa oferecer.A bordo deste meio de transporte o passageiro pode olhar para fora da janela e deixar-se deslumbrar com as maravilhosas paisagens.Na Itália seja onde for são sempre belíssimas,mas ao mesmo tempo é obrigado a entrar em acordo consigo mesmo. Assim,viajar de trem em certo modo é como esf…

Novo Início

A vida é mesmo uma grande missão com um sentido alto de oculta indagação em que vamos alternando momentos felizes com momentos de tristeza e pesar como acontece quando perdemos um ente querido.
Entretanto, acredito piamente que o que pode parecer o fim é somente um novo início,uma mudança de capítulo para nosso aperfeiçoamento.  
A morte é esse evento fatal,implacável,infalível,que nos atingirá a todos sem exceção nem privilégios.Logo, mesmo sem querer, precisamos nos preparar para o momento final da nossa existência terrena,quites conosco e com as contas da vida.Só assim poderemos enfrentar sem medo nem receio o contato com o plano espiritual que nos espera mais dia menos dia. 
Saber viver é uma arte,compreender a morte uma graça que poucos estão preocupados e pensando neste momento de suas vidas.Respeito,mas para mim é difícil entender alguém que nada espere do outro lado da vida.Qual seria então o propósito de viver? *Por favor não me vejam como uma fatalista,pessimista,taciturna ou a…