Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

É tempo de Natal

Comemorado no último mês do ano e,quem sabe pode ser um período pra passar com calma no afetuoso calor dos nossos lares, com a conotação de momentos especiais que evocam a profundidade de uma vida:
Palavras,sabores,silêncio,recordações,emoções,família!
Uma magia certamente deturpada pela inevitável guerra comercial que acontece por toda parte ,mas muito mais sagrada e interior do que se possa ou não imaginar.A humanidade não é estúpida,ao menos ainda acreditamos na sua inteligência e virtude que sabe distinguir o joio do trigo,mesmo que na maioria das vezes os homens se apóiem no joio e não dêem o melhor de si,não sendo em grau de exigir e, de consequência, respeitar os próprios desejos,deixando-se influenciar pela alienação que massifica.Seja por medo,vergonha de fugir do contexto da 'maioria' que compra,que consome desenfreadamente afinal de contas fazem todos assim não é mesmo?
É sim,muitos caem nessa armadilha de fim de ano,ou seria todo o ano se endividando?
Felizmente, outro…

Naquele ponto de ônibus

O Impostor Novamente  participando do bookcrossing  blogueiro e, desta vez com a liberação voluntária num ponto de ônibus ,do romance Il Mitomane(O  Impostor),de Paolo Mosca. Livro escrito há mais de trinta anos e que em outras datas até já fiz resenha no blog o que elas estão lendo, mas que trata de um tema sempre atual,isto é, a vontade de ser protagonista sempre e a todo custo levando  muitas pessoas à perda total de consciência de si e da própria realidade em que estão inseridas.Um retrato atroz da nossa sociedade, uma história paradoxal que oferece a quem lê initerrupto divertimento e que espero sirva de bom grado a quem por acaso o tiver encontrado. Breve relato da trama:
Bertrand Russell afirmava que todo homem tem um grama de 'mitomania'.No caso de Rosario Maestrelli,empregado dos correios, protagonista, não se pode falar de gramas mas de quilos de 'mitomania'.Quilos acumulados em anos transcorridos detrás de um balcão, quatro em um escritório de Milão. Mãe e noiv…

Dente- de- Leão

Fim de Verão ,inicio de Outono Dente-de -leão ainda no prado  A esperar pelo vento. Ou quem sabe pela menina... Esperava ali desde quando era ainda flor, com suas pétalas amarelas em meio ao verde de um belíssimo jardim. Passaram-se dias e dias e nada da menina chegar das férias num país distante onde dente-de-leão naquele período não podia encontrar.... Assim as pétalas da florzinha foram murchando  dando lugar a espinhos que com o calor se abriam em forma de uma espécie de esfera feita de mórbidos pelinhos,que se tocavam um ao outro prontos para sairem voando ao sopro do vento ou daquela menina. Não demorou mais tempo e ela chegou.Adivinhem o que foi correndo  procurar? Vestiu sua fantasia de princesa borboleta e soprando fortemente fez os pêlos do dente-de-leão voarem longe,longe,exprimindo seus melhores desejos para                                                             mais um novo início na sua vida.

Baseado numa cena real do …

Coragem para poder continuar...

Retornando às postagens no blog e visitas aos amigos após várias semanas distante daqui. Agradeço imensamente pelo carinho recebido através das mensagens por email e redes sociais.Saibam que a recíproca é verdadeira e que não foi fácil para mim ficar afastada destes registros.
Assim, durante a estada no Ceará foi possível rever várias pessoas queridas- além dos familiares,amigos que há muito tempo não via.
Uma amiga dos tempos de infância me surpreendeu não somente pela sua aparência  pouco transformada ao longo de quase trinta anos sem nos encontrarmos.No nosso recente encontro a percebí muito mais alegre e de bem com a vida apesar das grandes dificuldades  passadas ao longo de todos estes anos.O exemplo dela,além de vivências pessoais e familiares me fizeram refletir e perguntar como é possível que algumas pessoas consigam enfrentar a vida com muito mais leveza e graça do que outras? 
Certamente não é uma pergunta com resposta fácil e objetiva,porém acredito que a experiência do sofrim…

Tudo na vida tem solução,depende somente do nosso modo de sentir e agir.

“Se tu te deixas abater no dia da adversidade,minguada é a tua força”(Prov. 24-10).



As dificuldades que a vida nos impõe e os desenganos pressupõem prova de experimentação para a nossa capacidade de resistência sentimental. É na hora crucial do infortúnio,no dia aflitivo da dor,no tempo amargurado das desilusões que se conhece a fortaleza de ânimo de cada um.Há quem consegue vencer os problemas através da coragem,principalmente da fé.Há quem se rebela contra as vicissitudes adversas,mas inutilmente porque a rebeldia não afugenta o sofrimento. A vida vale pelo constante aprendizado em que os caracteres se apuram e depuram na forja candente da provação para melhor aproveitamento espiritual.As atribulações passam,mas fica a lição.É importante,portanto,contornarmos as dificuldades,fugindo de atormentações maiores,se possível e,quando não,saibamos enfrentá-las com intrepidez tal como os capitães experientes arrostam bravamente as procelas para salvar as suas naus em perigo. As atitudes corajo…

Tudo na vida tem sentido.

Passamos por inúmeras situações e experiências ao longo da nossa vida em que por mais que tentemos,humanamente não conseguimos dar uma explicação racional completamente  plausível e convincente para elas. Certo é que vivemos em meio a acanhados horizontes e limitadas perspectivas. Em tudo o que nos cerca neste mundo a partir da natureza há um sentido nem sempre compreensível para a nossa razão.Para muitos pode estar localizado além da imaginação,outros o pressentem vagamente. Há entretanto,quem consiga sentir antes de ver.
A ciência de fato  tem feito passos gigantescos no campo de estudo da nossa mente,mas muitos porquês das nossas indagações ainda continuam irresolvíveis.Estamos nos primórdios das especulações das causas para a explicação dos efeitos.Esse mistério do desconhecido atormenta muitos considerados sábios materialistas,apaixonando pensadores e filósofos,confundindo outros tantos estudiosos,intelectuais ou não.
A vontade de saber é livre,sem dúvida,mas a reflexão a delimita na…

Esperança sim! Sempre Esperança.

É possível viver feliz e ter esperança com toda a incerteza dominante a nossa volta?
Quantas vezes esta  pergunta já não foi feita em outras épocas com cenários ou estações diferentes mas,obtendo possivelmente as mesmas respostas.Tudo é uma questão de perspectiva,do nosso modo de ser,agir e pensar neste mundo em que vivemos.
Logo,não é que vivenciamos situações ou outras realidades completamente novas,que jamais tiveram semelhança com o passado.Diferentes talvez na forma como se apresentam e interferem nas nossas ações e relações uns com os outros.
Podemos assim dizer que a esperança é uma luta ativa contra o desespero,é a capacidade de uma atividade intensa mas não ainda totalmente consumada,é principalmente, aquilo que nos concede de caminharmos na estrada da vida, de sermos realmente humanos. Não se pode viver sem metas,objetivos!
É a esperança que mantém iluminado o nosso caminho, que nos consola em momentos difíceis,nos mantendo erguidos dignamente,que nos dá o chamado 'input'…

A força da palavra

A palavra,excepcional privilégio da natureza humana,exterioriza o pensamento através dos sons emitidos pela voz. É um grande meio para comunicarmos o nosso pensamento.Poderoso instrumento para o bem,para compartilhar a alegria,ou mesmo a tristeza ou a insatisfação,a dor,para transmitir a verdade,aquilo que cada um acredita como valoroso,importante,fundamental.
Pode-se dizer que a palavra governa o mundo,comandando as idéias,dirigindo atividades.É assim,força e poder,vontade e ação,desejo e triunfo,instrumento da razão para o bem e para o mal.Expressa a imagem de uma percepção.
Boas palavras confortam, constroem,alegram o coração."As palavras agradáveis
são como um favo de mel(...)"Prov.16:24. 
Entretanto,pode também significar uma arma perigosa a serviço de contendas, tornando-se ruim,uma ofensa,uma mentira,uma calúnia.traindo a sua vocação e se tornando uma serpente venenosa.Certas palavras podem fazer ferver o sangue da gente,perturbando a nossa mente,ferindo mesmo como verdad…

Uma pausa na inquietação da vida

*Será a felicidade uma pausa na inquietação da vida?  Nunca esqueço desta frase que ouví já faz um tempinho,mas que ficou gravada na tela da minha lembrança como uma evocativa recordação de dizeres mágicos.A pausa representa a trégua momentânea da constante agitação da vida moderna,o alheamento de tudo,dos afazeres,dos problemas familiares,dos ruídos de fora,e que nos traz,ainda que por instantes passageiros,despreocupação,agradável sensação de tranquilidade e paz.Contudo,todo o conceito de felicidade nunca se apresenta completamente definido.Ela,como o amor é muito mais sentida do que traduzida,cada pessoa a imagina a seu modo,de acordo com seus próprios princípios e estilo de vida.Há quem se julgue feliz por muito pouco,há quem se sinta feliz vendo outros(in)felizes,tudo depende do referencial de cada um,daquilo que cada um de nós crê e pretende para a própria vida. Diz-se que a felicidade raramente é duradoura,nem pode ser constante no nosso mundo cheio de disparidades e incompreensõ…

Desafiando a escuridão

Vivemos atualmente uma dramática carência de amor.
Muitas pessoas confundem o maior e mais profundo dos sentimentos com tudo aquilo que a ele é literalmente oposto,ou seja,egoísmo, frieza e descontentamento.Amor que se concentra simplesmente em si mesmo não é amor.
Com isso, dia após dia os elos que supomos formados vão ficando cada vez mais fracos,a partir das próprias famílias(base de tudo na vida de um ser humano)-frias,frágeis e supostamente unidas pela superficialidade do materialismo moderno. Amor é vida,criação,ternura,desejo,paixão,tudo o que existe de forte e belo,de carinho e luz,de afetivo,emotivo.Amar é a maior lei,o maior mandamento,o maior preceito de todas as religiões. Sem ele a vida seria insuportável,o mundo um caos,o universo inexistiria.Felizes os que amam,ditosos os que sabem amar.Amor tudo redime,tudo puririfca,tudo engrandece. A caridade,a compreensão,o compadecimento,a ajuda desinteressada,o desejo de servir,a vontade de ser útil,são apreciáveis manifestações de am…