Pular para o conteúdo principal

É plantando bem que se ...

Conhece aquele pensamento que diz mais ou menos que não se deve somente buscar a beleza exterior,mas aquela interior?Acrescento:a beleza internamente na própria família.Sim,é na família que se pode ser você mesmo,ao menos deveria.E,quando não se cria esta relação empática dentro de casa, se arrisca de repetir e reforçar o paradigma das aparências tão comum e disseminado na sociedade moderna,sobretudo pelos meios de comunicação e interação virtual. Na fachada as pessoas são todas bonitas,inteligentes,sem problemas,vivendo uma vida perfeita, apontando erros e defeitos continuamente nos outros. Existe uma grande diferença em se mostrar belo,bondoso e,no âmago do próprio ser,desejá-lo e revelar de fato com o comportamento aquilo que se diz .Ninguém como a própria mãe,o próprio pai pra conhecer melhor seu filho(a),entretanto,até que ponto isto ocorre realmente?Será que os pais sabem 100% a verdade sobre seus filhos?Será que estão prontos ou dispostos a sabê-lo?Enquanto se é criança sim,todavia como isto é possível se a infância está cada vez ficando mais encurtada por conta da adultização que muitos pais por influência sempre dos modismos admitem nos seus filhos?Absolutamente sou favorável ao progresso,à tecnologia que faço uso e incentivo meus filhos dentro dos limites por mim e meu marido estabelecidos também a usarem. Pais e responsáveis necessitamos tutelar a inocência de nossas crianças e desta nos deixar igualmente (re)educar. Defendamos as crianças de tudo aquilo que possa turbar ou prejudicar o crescimento e progresso pessoal delas.É no lar, na família que desde cedo a pessoa não deve se sentir com medo,julgada ou condenada e não se trata de superproteção como muitos pais confundem criando futuros jovens e adultos cheios de problemas de relacionamento social,mas muito pelo contrário,conversando,demonstrando-se abertos à escuta,ao diálogo franco e sincero e que paralelamente não deixa espaço para chantagens,tampouco para desobediência a um Não. Assim sendo, as famílias apesar de todos os contratempos ainda são e merecem ser vistas e valorizadas como o maior refúgio onde nos acostamos quando acossados pelas tormentas de fora.Lembrando por fim que o exemplo fortalece a formação moral da família.
Uma reflexão que fica em aberto para uma continuidade aqui neste retorno pós férias de Verão. Minha saudação afetuosa aos amigos que  visitarem o blog!   

Comentários

Élys disse…
Estou retornando de um tempo de descanso e agradeço sua visita ao meu blog e suas amáveis palavras.
Gostei muito deste seu texto e concordo plenamente.
Que suas férias sejam bem agradáveis.
Um grande abraço.
Élys
✿ chica disse…
Também concordo contigo,Bergilde! É na família que tudo deve começar e nela, máscaras não tem lugar! Os pais tem que estar preparados pra ver tudo, querendo ou não e tentar ajudar e/ou corrigir...

Gostei! Bom retorno! bjs, chica
Roselia Bezerra disse…
Olá, querida Bergilde
Na família, somos o que somos... com sombras e virtudes... nas redes sociais, não compactuo que devo levar problemas e nuvens negras... o noticiário já traz isso muito bem desde o amanhecer!
Levo alegria e boas palavras que me cabe aqui na terra para animar os amigos... não, brigar e ficar em contendas...
Excelente post!
Bergilde disse…
Olá Rosélia! Grata pela visita e comentário! Há anos também uso Internet como meio de comunicação procurando não ser portadora de más notícias pois como você bem disse existem outras fontes para isto. Aqui lancei dentro deste texto alguns argumentos que buscarei tratarnos próximos registros. Meu abraço fraterno a você!
Bergilde disse…
Muito precisa no seu enfoque Chica, obrigada! Grata pela companhia aqui!
Bergilde disse…
Élys, bom dia ! É sempre agradável poder ler tuas postagens! Neste novo início pós férias estou como você visitando os amigos que sigo.Abraço fraterno!
Mona Lisa disse…
Adorei o teu texto.
Subscrevo-o na íntegra.A família é a base de tudo. Os pais têm que ser sempre o porto seguro dos filhos, onde eles encontrem quem os ensine e os corrija.

Beijinhos.

Edna Lima disse…
Que belo texto amiga! Você está sabendo conduzir de maneira superior a sua família A na família temos contato com primeira cultura que levamos para vida toda.
Saudades do blog.Beijos. Edna Campos.
Querida amiga Bergilde

Família é o início do paraíso.
É a fonte onde se bebe a água da alegria.
É de onde os sonhos partem
e para onde os sonhos retornam.
Família é o paraíso da gente.

_______________________________

Desejo que desejes ser feliz.
Toda felicidade do mundo
começa com um simples desejo de alegria.
O Profeta disse…
Ouvi o vento e a música
Procurando um porto na madrugada
Ouvi a chegada de um navio
Julguei sentir uma voz amada

Meu Armando, meu amor...
Uma criança jogando lama ao meio dia
Embrenhada e perdida na alma
Com rimas colorindo pálpebras de nostalgia

Doce beijo
Lúcia disse…
Matéria mais que oportuna, nesses tempos em que a constituição familiar anda um tanto abalada, no mundo todo. A família, antes da escola, é mesmo o refúgio que deve oferecer, além da proteção, a formação moral e social dos infantes e jovens: aí está a base, para um futuro promissor!

Meu abraço, Bergilde!
Carmem Grinheiro disse…
Olá, Bergilde.
A família é o porto de abrigo.
bj amg
O Profeta disse…
Oiçam este poeta de tostão
Que já prometeu e pediu uma mão
Oiçam a palavra salgada de saliva
Não tenho muito lugar, em ti, paixão


Passei para te desejar uma radiosa semana

Doce beijo