Pular para o conteúdo principal

BRADO DA ESPERANÇA


Chega a noite 
fria e escura.
Céu sem estrelas,
sem luar.
Nuvens carregadas
falta até vontade de sonhar.
Distante se sente
o eco dos muitos lamentos.
E o silêncio 
se torna tão profundo
como a alma 
ardente no fogo
de seus anseios.
Impávida grita ao infinito
a voz do coração
palavras sagradas,
repletas de vívida emoção.
É o brado da esperança 
que jamais poderá faltar
nem aqui nem lá!


(*Em mais um momento histórico importante para o povo brasileiro...Não se pode desanimar nem jamais deixar de acreditar!)

Comentários

✿ chica disse…
É Bergilde, a esperança não nos deve faltar, mas na política, a coisa tá difícil por aqui,rs... Linda tua poesia! bjs, ótimo fds! chica
Mona Lisa disse…
Aí e aqui!

Que a esperança não nos falte!
A política é suja!!!

Beijinhos.
Edumanes disse…
No brado da esperança,
a tua voz ouvi chamar
quando tu eras criança
acorda estavas a saltar!

Caíste no chão fizeste um dói dói no dedinho,
das teus lindos olhos caíram lágrimas no chão
terão sido tantas as dores fizeste beicinho
dentro do peito ficou triste o teu coração!

Obrigado pela visita, boa noite e bons sonhos, Bergilde, um abraço,
Eduardo.
Anajá Schmitz disse…
Quem espera sempre alcança, por isso que tenho muita esperança.
Belo poema.
Tenha uma ótima semana.
Élys disse…
Um lindo poema. A esperança deve sempre existir, nunca se deve desanimar.Um abraço.
Carmem Grinheiro disse…
Olá, Bergilde.

" Distante se sente
o eco dos muitos lamentos."
O lamento não repõe o sossego perdido, mas aconchega e dá esperança ao coração ;)
bj amg
Mariazita disse…
Uma bela forma de expressar, em forma de poema, a esperança que nunca nos deve abandonar, ainda que os céus se mostrem toldados pelas nuvens e o sol tenha dificuldade em espreitar...
Nada é eterno, os tempos mudam e... melhores dias hão-de vir.

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Roselia Bezerra disse…
Boa Tardinha, querida Bergilde!
Nunca perco a esperança de dias melhores... creio que seremos um grande País ainda em todos sentidos...
Bjm muito fraterno