Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Faltas e Perdão

Respeitando os limites do outro respeitamos  os nossos  também.A imperfeição é da espécie humana: uns mais que outros sempre vivemos em faltas cotidianas.
Lê-se nas sagradas escrituras:"pois ainda que o justo caia sete vezes,
tornará a erguer-se,mas os ímpios são arrastados pela calamidade"(Pr.24:6). Até o justo está sujeito a falhar,a errar.Somos seres imperfeitos e disto não podemos esquecer como também não podemos negar que as faltas,mínimas que sejam,significam incorreção por fraqueza e defeito.Se errar é próprio do homem,se os defeitos são de todos nós,se tantas vezes aquilo que dizemos não corresponde na íntegra ao que fazemos e isto faz parte de toda a  raça humana,do mesmo modo vivemos uma realidade de dois pesos e duas medidas em que  é mais fácil julgar e condenar antes que analisar,ponderar,refletir,enfim,perdoar.
Cada um é livre para dizer o que quer e como quer,porém  poucos são aqueles que aceitam ouvir o que não querem,o que não está de acordo com o próprio pensa…